sexta-feira, 22 de abril de 2011

Rebelde sem Páscoa


Hoje, Sexta-feira Santa, precisamente ao meio dia, sentei a mesa com minha família para almoçar a antiga iguaria baiana, vatapá, caruru, feijão fradinho e o famoso bacalhau.

Então enquanto comia pensei:

- Quem disse que a comida é essa?

- Quem disse que no domingo é para ganharmos ovos de chocolate?

Por isso, resolvi inaugurar esse blog com essas respostas e reflexões.

Por isso, resolvi inaugurar esse blog com essas respostas e reflexões.

Os cristãos na verdade celebram a páscoa em referência a ressureição de Jesus Cristo. Jesus foi crucificado numa sexta-feira como hoje, chamada de sexta-feira da Paixão ressuscitando depois de três dias, que seria no domingo de Páscoa.

Até aí, tudo beleza. Mas, vamos à parte obscura que cerca a maioria se não em todas as nossas comemorações, o capitalismo. Ele está inserido tanto na Páscoa quanto no Natal, dia dos namorados, crianças, mães, pais. As pessoas começaram a relacionar datas comemorativas com o consumo.

Então, na tentativa de refrescar a memória de pessoas ludibriadas pelo capitalismo ou até mesmo os desinformados de plantão, vou esclarecer as coisas!

A origem do nome Páscoa – Assim como a maioria, a páscoa tem suas tendências vindas de festas pagãs, neste caso, dos festivais pagãos da primavera. Outra vertente seria uma das mais maiores festas judaicas o Pessach ou Passover.

A páscoa judaica é comemorada durante 8 dias e celebra a vitória dos israelitas no Egito sob o reinado do faraó Ramsés II.

O tal coelhinho – Por ser a comemoração do renascimento de Cristo, a data tem a intenção de celebrar a vida, e o coelho por sua vez é um dos animais mais férteis, as fêmeas chegam a gerar cerca de 400 filhotes durante sua vida.

Para variar, a história do coelhinho chegou ao Brasil por meados do século 18, através dos imigrantes americanos e alemães. Diz à lenda que o coelho, assim como papai Noel (risos) visitavam crianças e escondiam ovos para que elas procurassem.

Os ovinhos – Ele possui diversas origens de acordo com cada cultura.No Norte da Europa, por exemplo, eles serviam para homenagear a deusa Ostera a deusa da primavera. Os ovos podiam vir acompanhados com frases.

Os egípcios e persas também deram sua contribuição, eles pintavam os ovos e davam a familiares, amigos em simbologia ao renascimento.

Já na Alemanha, a tradição era dar de presente para crianças, e na Armênia os ovos eram pintados com a imagem de Jesus, Nossa Senhora ou outros santos.

Lembrando que os ovinhos não eram para comer e nem necessariamente de galinha (mais risos), podiam ser feitos com qualquer material e moldado ao formato de ovo, é claro.


O delicioso chocolate - Essa parte mais saborosa da historinha iniciou com os Maias e Astecas, para eles o chocolate era sagrado como ouro e usado até como moeda.

Mas foi na Europa no século XVI, que a combinação de água, mel e farinha e sementes de cacau torradas e esmigalhadas ficou famosa. Primeiro era consumida como bebida. O formato de ovo, para a páscoa só surgiu no século XX.


Coelhinhos também na China!

Ano-Novo chinês iniciou em 03 de fevereiro. Sim, bem diferente do nosso calendário. Para os chineses cada ano é representado por 12 animais , aqueles que constituem o zodíaco, em resumo, 2011 é o Ano do Coelho, e o animalzinho representa para eles a bondade.

O Ano-Novo chinês é denominado como Festival da Primavera onde familiares se reúnem para festejar durante alguns dias. Aqui no Brasil, lá em São Paulo, no bairro da Liberdade, existe uma grande concentração de imigrantes orientais que comemoram essa data.

8 comentários:

Andrezza Vieira disse...

Bem curioso, principalmente sobre a origem do ovo. não sabia que o chocolate era considerado sagrado pra aquele povo, nem que a forma de ovo do chocolate era algo do século xx.
Mt bom post, gostei.
Abraço.

http://ocontadordeodisseias.blogspot.com/

chiqueboutiqueUSA disse...

Chocolate é bom em qualquer época do ano. ;)
Gostei do blog, bem informativo.
Passa no meu http://chiqueboutiqueusa.blogspot.com/
beijos

Jéssica Moura disse...

Adorei seu blog, Parabéns mesmo..
aproveitei e te seguir viu?!

visita lá o meu, você vai gostar!!
www.jmphotosnet.blogspot.com

Beijos

CiberNet disse...

Bem, como podemos dizer, a historia dos ovos da pascoa e a pascoa em geral em bem interessante.
Seu blog teve um otimo assunto que realça a epoca que estamos e realmente eu não sabia que a forma de ovo para os choxolates tinha começado no sec XX

Paulo Cheng disse...

Desde já te parabenizo pelo blog, é uma longa jornada que vc tem pela frente, mas mantenha a qualidade e interaga na blogosfera que vc terá êxito.

Fiz um texto em meu site sobre a verdadeira essência da Páscoa, tá bem interessante. E claro, que chocolate e coelho não tem nada a ver com a Páscoa.

Abração pra ti.

geisa disse...

ADOOREI TODAS ESSAS INFORMAÇÕES POR FAVOR CONTINUI A COMPARTILHAR COM NOSCO SEUS CONHECIMENTOS BJUS!!

louany2011 disse...

é muito bom saber de onde vem os feriados os nomes dados, e foi bem interessante sua postagem bem abordada...
bjs
fique com Deus

Uilians Uilson disse...

Boas reflexões. Gostei muito do seu jeiro de escrever. Sempre achei triste como o comercio contamina tudo. A história da Páscoa na Bíblia é tão bela.

Um abraço e sucesso!!!

Passa no Palavras Certas
www.certas.blogspot.com